A arquitectura, poderá ser definida pela arte de idealizar, projectar e conceber o meio onde se insere o ser humano com o objectivo primordial de trazer à funcionalidade a visão estética, sendo o arquitecto o responsável pelo acto criativo, desde a ideia à sua concepção.

Neste contexto a engenharia poderá ser definida, pelo conjunto de técnicas e métodos que permitem aplicar o saber técnico e científico na planificação, criação e manutenção do resultado da materialização da ideia.

O engenheiro é o individuo que tem a genialidade e engenho para praticar a engenharia.

 

Da relação simbiótica entre a arquitectura e a engenharia resulta o projecto, que não será mais que o “conjunto de todas o documentos escritos e desenhados que definem e caracterizam a concepção funcional, estética e construtiva de uma obra” (in Portaria n.º 701-H/2008 de 29 de Julho).

 

Core, traduzindo do inglês, significa núcleo sendo este a parte mais central e essencial de todas as coisas. Um projecto Core, de forma análoga, seria a parte central e essencial que permitiria a materialização de um conceito estabelecendo elos de ligação entre saberes distintos que permitissem a sua colocação em prática.

 

A Coreprojects ambiciona, a cada projecto, a materizalização da ideia, deixando patente o acto criativo e genialidade na sua concretização.

Imagem: Francisco Nogueira

 

Bem Vindo!

"Engenharia é a profissão na qual o conhecimento das ciências matemáticas e naturais, obtido através do estudo, experiência e prática, é aplicado com julgamento no desenvolvimento de novos meios de utilizar, economicamente, os materiais e forças da Natureza para o benefício da humanidade."

Comité de Certificação de Engenharia e Tecnologia dos Estados Unidos (1982)

gallery/nparkavenue1025